Home
Ibirá
A praça
A água
Balneário
Classificados
Fale conosco
Fontes
Festas na região
Governo
Hotéis
História de Termas
Humor
Jornais
Localização
Opinião
Pensamentos
Revistas
Telefones úteis
Termas de Ibirá

Serviços

Banespa
Busca
Cartões
Cultura
Cidades da região
Holístico
Sites
Últimas notícias

 

 

 

IBIRÁ

A Água

Fluoretada vanádica.
Carbonato de sódio 143,68
Bicarbonato de sódio 42,20
Fluoreto de sódio 4,07
Cloreto de sódio 1,14
VANÁDIO 0,07

Visite Termas de Ibirá. Beba em casa, a
mais pura e terapêutica água mineral do mundo.
Quer ser um revendedor exclusivo em sua região?

Informações pelo Fone: (0xx17) 3551-1921

O  TRATAMENTO TERMAL,  ENTENDIDO COMO O CONJUNTO DE PROCEDIMENTOS QUE O DEPARTAMENTO MÉDICO VAI PROPOR, PODE SER CONSIDERADO TERAPÊUTICA DE CURA EM UMA SÉRIE DE DOENÇAS,  ALÉM DE CONSTITUIR VALIOSO AUXILIAR NA TERAPÊUTICA GERAL.   SE VOCÊ ENCONTRA SALUBRIDADE AMBIENTAL  (SOL,  AR,  ÁGUA,  EXERCÍCIO),  E PODE CONSEGUIR MAIS SATISFATÓRIA ADEQUAÇÃO ALIMENTAR   (QUALIDADE, QUANTIDADE, TRANQÜILIDADE), SAIBA QUE A CRENOTERAPIA CONSTITUI RECURSO QUE, DEVIDAMENTE UTILIZADO, LHE  DARÁ ALEM DOS BENEFÍCIOS DIRETOS, MELHORES CONDIÇÕES PARA OBSERVAR OS ESQUEMAS DE TRATAMENTO POR VENTURA NECESSÁRIOS.
    1- CONTROLE DE QUALIDADE MICROBIOLÓGICO E FÍSICO DA ÁGUA MINERAL NATURAL DE IBIRÁ.
    2- PROPRIEDADES E INDICAÇÕES TERAPÊUTICAS DA ÁGUA NATURAL IBIRÁ

(Considerada medicinal farmacologicamente)
Vanádio (metalóide)
·       Moderador das oxidações orgânicas, portanto atua no rejuvenescimento.
·       Favorece o anabolismo, atuando nas debilidades em geral e convalescença das infecções agudas.
·       Atua no mecanismo de ação da insulina, facilitando sua entrada na célula, o que favorece o organismo do diabético.
·       Auxilia o metabolismo dos carboidratos e lipídios (gorduras), o que proporciona a diminuição do colesterol e das triglicérides, atuando positivamente então na aterosclerose e como coadjuvante no emagrecimento.
·       Utiliza a mesma via de transportes e absorção que o ferro, portanto com este compete, assim atua nas anemias globulares.
·       Favorece patologias do sistema respiratório superior e inferior (rinofaringite, laringite estrindurosa, asma, bronquite, adenopatia cervical e traqueobrônquica.)
·       Combate radical livre, portanto, evita a modificação celular e sua repercussão nos órgãos dos sistemas, com isso são consideradas profilático do câncer.
·       Atua diminuindo o cansaço físico e mental, causando uma sensação leve e de bem estar, sendo assim excelente antiestressante.
·       Possui efeito dermatológico cicatrizante;
·       Esteticamente proporciona brilho para os cabelos.
      Diante de todas estas propriedades o Vanádio atua de forma benéfica em órgãos tais como:
      Fígado; pâncreas; bile e vesícula, porque diminui a síntese de colesterol. Atuando em conjunto com o flúor previne cáries.
    Utilizando a mesma via do fósforo, previne a osteoporose.
      Juntamente com o pH alcalino auxilia na diminuição do acúmulo de ácido úrico nas vias urinárias.
      Para usufruir todos estes benefícios relacionados ao Vanádio é preciso ingerir diariamente 0,2 mg, considerando-se um organismo de 75 Kg. Já que a água possui 0,07 mg/1 então toma - se imprescindível à ingestão de 3 1/dia.

NA ÁREA DAS DERMATOSES (DOENÇAS DA PELE) DAS CONDIÇÕES DOLOROSAS DO APARELHO LOCOMOTOR REUMATISMOS, PARA-REUMATISMOS, CONDIÇÕES ORTOPÉDICAS E NEUROLÓGICAS, DAS GASTRO-ENTERAPIAS (AFECÇÕES DO ESTÔMAGO E DOS INTESTINOS), DAS DISFUNÇÕES HEPATO-BILIARES (FÍGADO, VESÍCULA, CANAIS BILIARES)  ESTÃO AS MELHORES INDICAÇÕES PARA O TRATAMENTO TERMAL.
NA ESTÂNCIA IBIRÁ, APROVEITANDO, NO ESQUEMA GERAL DE TRATAMENTO, A UTILIZAÇÃO DA ÁGUA MINERAL, EM USO INTERNO (TRATAMENTO HIDROPÍNICO) E EXTERNO (FISIOTERAPIA) CUMPRE DESTACAR QUE A OCORRÊNCIA DE VANÁDIO EM SUA COMPOSIÇÃO FÍSICO-QUÍMICA, ALÉM DE DISTINGUÍ-LA DAS OUTRAS ÁGUAS MINERAIS CLASSIFICADAS (ÚNICA NO BRASIL), VEM COLOCÁ-LA COMO RECURSO TERAPÊUTICO DE VALIA NO CAMPO DAS DOENÇAS CARDIOVASCULARES ONDE OS DESVIOS NO METABOLISMO DAS GORDURAS (COLESTEROL, ÉSTERES SÃO RESPONSÁVEIS COMO AGENTES PATOGÊNICOS. 

    

FONTE:  Carlos Gomes
COMPOSIÇÃO FÍSICO-QUÍMICA

PH. . . . . . . . .  

9,88

Alcalinidade em HCO3 . . . .

40,00 mg/l

Alcalinidade CO3. . . . . . . 

131,00 mg/l

Resíduo a 180°. . . . . . .  

298,00 mg/1

Fosfatos. . . . . . . . 

0,40 mg/l

Cloretos. . . . . . . .  

3,50 mg/l

Sulfatos. . . . . . . .  

36,00 mg/l

Sílica. . . . . . . . . . 

36,00 mg/l

Flúor. . . . . . . . . ..

30,37 mg/l

Vanádio. . . . . . . . 

0,35 mg/l

Potássio. . . . . . . . 

0,60 mg/l

Sódio. . . . . . . . . .

100,00 mg/l

Cobre. . . . . . . . ..

0,01 mg/l

Ferro. . . . . . . . . .

0,01 mg/l

Condutividade especifica a 25° C    --  (Micro-Siemens Cm) 530 – 575

Voltar